CONGREGAÇÃO MARIANA

Reunião todas os Domingos 19h 30m - Sala Imaculada Conceição

Fundada no dia 27 de Setembro de 2006, a Congregação Mariana Nossa Senhora de Fátima e São Marcos, tem sede em nossa paróquia e se reúne todos os domingo.

A Congregação Mariana é uma associação pública, formada por leigos católicos, que procuram seguir melhor o Cristianismo através de uma vida consagrada à Mãe de Deus, a Virgem Maria.

“Santidade e apostolado” são as metas da congregação para a transformação cristã da sociedade.

As Congregações Marianas tiveram início em 1563, quando o padre jesuíta Jean Leunis formou um grupo, entre os alunos do Colégio Romano (Roma), cujos membros se distinguiam por uma vida cristã e mariana fervorosa e pela prática de diversas formas de apostolado.

Enquanto as Congregações Marianas se espalhavam pelo mundo, principalmente nos colégios da Companhia de Jesus, a Congregação Mariana do Colégio Romano foi qualificada canonicamente, em 1584, com o título de “Prima Primaria” (a primeira). A ela passaram a ser agregadas até 1967, as diversas Congregações de todas as partes do mundo, as quais podiam participar dos mesmos benefícios espirituais que lhe haviam sido concedidos pela Sé Apostólica.

Mesmo após a supressão da Companhia de Jesus em todo o mundo, as Congregações Marianas continuaram a existir.

Em sua longa história, as Congregações Marianas deram à Igreja, pelo menos 62 santos canonizados e 46 beatos, 22 fundadores de institutos religiosos, mártires, missionários e leigos de vida cristã exemplar. De 1567 até agora, entre os 31 Papas que ocuparam a Cátedra de São Pedro, 24 são congregados marianos, incluindo o Papa João Paulo II, que foi membro-fundador de uma Congregação Mariana em sua cidade natal, e o Papa Bento XVI, congregado mariano há mais de 70 anos.

Congregação Mariana do Brasil

No Brasil, as Congregações Marianas surgiram no período colonial, nos colégios da Companhia de Jesus, e praticamente desapareceram com a expulsão dos jesuítas, em 1759. Em 1870, foi fundada novamente uma Congregação Mariana, agregada à Prima Primária, em Itu (SP), e logo os congregados se espalharam por todo o país.

A primeira Federação Estadual surgiu em São Paulo, em 1927. A Confederação Nacional, com sede no Rio de Janeiro, foi criada em 1937.

Os congregados marianos do Brasil podem ser reconhecidos nas reuniões ou nas celebrações da Igreja pela fita azul, no pescoço, com uma medalha prateada com a imagem de Jesus Cristo de um lado e de Nossa Senhora do outro.

A Congregação Mariana do Brasil tem um hino, escrito pelo jesuíta Roque Schneider, após o Concílio Vaticano II.